Cabeça e Pescoço

colar-aspen

Colar Aspen

O colar de Aspen é um dispositivo espinhal cervical da estabilização. É um colar manufaturado em plástico e Velcro, com os forros substituíveis em espuma. O projeto em 2 partes permite a simples colocação e a remoção. É modificado facilmente pelo técnico ortopédico e ou médico para maximizar o conforto, permitindo o uso por até 3 meses ou segundo prescrição médica.

A Aspen é usada para pós-trauma e algumas aplicações pós-cirurgicas. As principais lesões tratadas com Aspen são:

  • fraturas occipital
  • fraturas da base do crânio
  • Lesões  ligamentares de C1 – C7
  • Lesões de tecido mole entre C1 – C7

É usado igualmente para manter uma posição estável da cabeça e pescoço para reduzir a dor em:

  • pacientes com desordens neurológicas
  • pacientes com patologias osteomusculares que não podem manter sua cabeça em posição de ortostatismo.
halo

Halo

A órtese cervical do halo é uma ortose espinhal de fixação externa que fornece um grande nível de estabilização da coluna, principalmente da cervical. Envolve a fixação semi-permanente de um anel à cabeça com os pinos em Titânio no crânio. Através de um grupo de hastes de fibra do carbono unidas a um revestimento de pele de carneiro-fixada com plástico, a cabeça e a coluna cervical são mantidas estabilizadas em uma posição de manutenção ótima, escolhida pelo médico cirurgião.

Esta órtese é utilizada para tratar fraturas cervicais instáveis e frequentemente é um suplemento à cirurgia da coluna cervical para manter a posição até que a fusão ocorra ou que a estabilização cirúrgica seja executada.

Tipicamente, o cuidado do paciente com um halo é muito mais complexo do que com outros tipos de órteses cervicais. Devido o halo ser uma órtese mecânica complicada, o paciente será exigido a fazer visitas numerosas de manutenção com o médico, para assegurar-se de que o ajuste do torque dos parafusos e o alinhamento permaneçam apropriados durante todo o tratamento.

cervicotoracico

Cervicotorácico

Consistem de um apoio mentoneano e occipital conectado a um apoio esternal e torácico anterior e posterior. São importantes por fornecerem também um importante suporte lateral.

São muito usadas em pacientes com traumatismos cervicais, devido ao orifício traqueal ,a facilidade de colocação e de ajustes necessários.São leves e muito confortáveis,podendo ser usadas no pós operatório imediato proporcionando uma estabilidade da coluna cervical adequada e aliviando a dor do paciente.

Indicações: Cervicobraquialgias, Pós Operatório, Fraturas e luxações.