assimetria

Como corrigir a assimetria craniana posicional?

Posted on Posted in News

Como corrigir a assimetria craniana posicional?

Assimetria craniana

Assimetria craniana é o nome dado para uma condição conhecida popularmente por "cabeça torta" ou "cabeça amassada". Um bebê possui assimetria craniana quando o formato da cabeça está de alguma forma anormal, ou seja, a cabecinha pode estar assimétrica, mais amassado ou achatado na região posterior ou laterais.

No caso da Assimetria Craniana posicional não há nenhuma anormalidade na fusão das suturas cranianas e por isso o tratamento é realizado de forma conservadora.

 

O tratamento

O tratamento da Assimetria Craniana posicional é através do reposicionamento, fisioterapia e Órtese Craniana. A indicação do tratamento depende de vários fatores como, por exemplo, a idade, severidade e evolução do caso.

O tratamento com a órtese craniana pode ser iniciado até os 18 meses de vida do bebê, porém o ideal é que o bebê inicie o tratamento entre 3 a 7 meses de vida, porque nesta fase a cabecinha do bebe cresce cerca de 1 cm por mês e entre 7 a 12 meses cresce cerca de 0,5 cm por mês. Por este motivo é importante aproveitar esta fase para o tratamento da assimetria craniana.

 Após 1 ano de idade a cabeça do bebê ainda cresce, porém mais lentamente, além disso a maleabilidade e mobilidade óssea diminui e consequentemente o potencial de correção também diminui. Em bebês com mais de 1 ano de idade, podemos obter resultados, mas a correção pode não ser total. Além disso, o tratamento pode ser mais demorado.

 

A órtese

Para confeccionar a órtese craniana é preciso agendar uma avaliação para fazer o scanner 3d da cabeça do bebê. O scanner é o melhor método para obter o formato e medidas da cabeça do bebê, e através dele podemos confeccionar uma órtese assertiva e eficaz para a correção da assimetria craniana.

 

Para mais informações, entre em contato conosco